Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

31 de outubro de 2012

Dificuldades (34 meses)

- Tatiana tens frio?
ela - ...
- TATIANA queres que vista o casaco?
ela - ...
- HEEEEEEEEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!! Tens frio? Queres o casaco?
ela - não mãe...

Uma vizinha:
- Olá, como te chamas?
ela - ...
- dás-me um beijinho?
(nem sequer olha...)
- Estás muito bonita, quem te deu essas botas?
ela - ...
- onde vais?
ela - ...
- Vais a casa da tua avó?
ela - ...
- Queres um rebuçado?
ela - xim buçado!!!
- então dá-me um beijinho..
... e ela dá o beijinho...

No supermercado:
- não corras! Espera por mim!
ela - olha mãe ito, ito olha ito, ito, olha ito.... (enquanto segue, apressada, eléctrica a tocar em tudo que lhe aparece pela frente)
- não mexas! não podes abrir...
ela - nina pome (menina come)
- está bem mas temos que pagar primeiro!
ela - mãe abe! abe, abe, abe abe... (abre)
- TATIANA primeiro pagar alí naquela menina!!!

Em casa:
(anda à minha procura, encontra-me e começa:
ela - mãe mãe mãe mãe mãe
- diz amor!
ela - mãe mãe mãe mãe mãe...
(e não consegue dizer ao que veio...)

- Tatiana vamos a casa da vó Guida, quando viermos acabas de ver o filme está bem!
...desligo-lhe a tv...ela deita-se no chão aos prantos... tenho que a levar "arrastada" pró carro...

No carro:
- sabes quem está na casa da avó?
ela - ...
- está lá o primo D.! Gostas do primo?
ela - ...
- Vamos apanhar castanhas?
ela - tanhas!
- estás cheia de sono! Queres ir dormir prá cama da avó?
ela - ...


Em casa da minha sogra:
- vamos dar um beijinho à vó!
(não está prai virada... corre pró pé do primo que está a jogar no computador)
ela - mati, aiex, goria (marti, alex, glória - personagens do filme Madagascar)
- Tatiana o primo está a ver outra coisa!
(amua)

Uma tia chega:
- olha quem está aqui! dás-me um beijo? (agarra-a)
(ela debate-se para se soltar)
- foste prá piscina? Gostaste?
ela - ...
- olha o primo! Vai brincar com ele!
(ela continua a não lhe ligar...)

Chega a tia das maluqueiras (atira-a ao ar, fáz-lhe cocegas, pega às cavalitas etc, etc)
- ó sápa!!!
(ela sorri e corre pra ela, quer começar logo a brincar...)
O pior é que não se cansa e continua a pedir mais e mais... mesmo quando a pessoa já está de rastos...

Em casa:
Pego num livro e começo a contar uma história... ela começa a querer folhear, folhear, anda à minha volta, atira-se pra cima de mim... rí, salta... 
Ainda não consigo que se sente calmamente a ouvir uma história!

De manhã:
Tiro-a da cama, retiro-lhe a fralda e sento-a no pote, pede sempre "bolas" (smarties)
- Então faz xixi que eu dou-te!
Lá faz xixi, limpo-a e coloco-a em cima da cama prá vestir, é sempre uma batalha porque acorda com as baterias bem carregadas, salta sem parar, foge-me pra debaixo do edredom, esperneia...

Luta diária desde que nasceu:
Obrigá-la a andar calçada dentro de casa - finalmente com muitas ameaças e promessas aceitou umas pantufas!



haja paciência (e smarties e pintarolas)!!!


5 comentários:

  1. Olá,

    Realmente as nossas pequenas são muito semelhantes em certas coisas. Eu adoro a minha pequena mas tenho que admitir que é necessário uma dose enorme de paciência.Mas vale a pena pelas conquistas. Por norma não reage nem responde a situações idênticas há tua, mesmo a mim é necessário eu insistir bastante com ela, mas sozinha passa a vida a cantar.... Por norma não liga às pessoas a não ser aquelas que ela sabe bem que andam feitas malucas na brincadeira com ela. Mas a diferença é que eu ando a ver se consigo que ela ande descalça, ou melhor sem sapatos. Anda com uma tara por sapatos e se eu não os escondo troca de sapatos de 5 em 5 minutos. Agora anda melhor mas chegou ao ponto de querer ir dormir de sapatos.
    Mas agora já os tira e tento que ela ande de chinelos em casa, para já tem aceitado bem. Mas ela tem tido muitos progressos que me deixam contente, a linguagem ainda é muito reduzida mas já diz bastantes palavras apesar de não formar frases, mas já vai para a beira dos outros meninos quando chega ao infantário, não começa a brincadeira mas vai para a beira deles brincar e já assina o calendário diário e já se senta para os bons dias. A educadora diz que o comportamento tem melhorado, mesmo a piolha ter pouca tolerância há frustração não tem feito birras no infantário e até já trouxe o 1º crachá de bom comportamento. E temos de ir com calma, já chegou a carta do hospital e a Leonor vai ter a 1ª consulta de desenvolvimento no dia 28 de Dezembro, vamos lá ver como corre e o que se seguirá...

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Que boa notícia Sílvia, e vai-te preparando que se ela apanhar médicos interessados como eu apanhei vais passar a vida a correr pró hospital!
    Este mês vou lá dia 20 e dia 29... é bom saber que está a ser tão bem acompanhada, mas o patrão anda a ferver...

    Fiquei admirada da sua filha conseguir-se calçar sozinha! (a minha só sabe descalçar-se)
    olha, uma vez que a tua piolha é praticamente da idade da minha queria perguntar-te algumas coisas:
    A tua aprende canções e imita movimentos de uma dança?
    Sabe diferenciar um quadrado, circulo, rectangulo ou triangulo?
    Fica concentrada a pintar, fazer puzles ou a desenhar?
    Consegue vestir-se e despir-se sozinha?
    Lavar a cara e as mãos sozinha?
    bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá,

    Eu não gosto nada de hospitais...RRr..... Mas aguento bem desde que a minha menina fique bem acompanhada, acho que isso é o mais importante.
    A minha pequena tem feito alguns progressos bons mas mesmo assim é evidente a falta de maturidade em comparação com outra criança da mesma idade, eu não preciso de fazer com que a minha filha seja mais do que os outros ou ter vergonha pelo facto de a minha piolha não fazer coisas básicas, eu acho que em comparação com 6 meses atrás o progresso é evidente, mesmo ouvindo comentários de pessoas a dizer que é uma coisa normal porque é que eu faço tanto alarido, às vezes fico cansada destes comentários. Eu faço festa por qualquer coisa desde que seja a minha pequenina a fazer:-)
    Mas descalçar-se ela sabe bem e qualquer tipo de calçado, agora calçar só se for sapatilhas de apertar com velcro.... Se for sapatilhas de cordão ou botas ou sapatos tipo sabrina mas de apertar no tornozelo ela já não sabe. O que sabe bem é o sapato que entra em cada pé, nunca troca o direito com o esquerdo, se eu trocar ela arranja logo e reclama por eu ter feito isso..... Mas como eu costumo vesti-la com roupas muito prática para ir para o infantário então se for sapatilhas fáceis ela já se desenrasca.
    Ela tem uma memória e coordenação muito grande por isso ao fazer puzzles e colocar peças ela faz isso em segundos( a sério nem chega a minutos, seja que peça for ela pega e numa olhadela sabe logo de onde é, mesmo com as figuras geométricas é assim ou até mesmo a combinar cores, mas se eu lhe perguntar onde está algo ela nem liga, por isso se eu lhe perguntasse onde está o quadrado ou o circulo ela não ia reagir. Também não vai buscar nada que eu lhe peça a não ser calçado, o peluche( não larga o peluche do panda) ou vestidos para vestir. Se eu pedir para ir buscar alguma coisa ela não vai.
    Tirando estar a ver tv não é normal ficar muito quieta por isso coisas como desenhar ou pintar não é com ela,ela não consegue estar sentada tempo suficiente para fazer coisas dessas( eu bem tento mas é difícil), a vestir ajuda do género eu coloco a gola na cabeça e ela puxa para baixo e dá logo os braços e puxa a camisola para baixo e as cuecas ou calças fica há espera que eu puxe um bocado e depois ela começa a puxar também, fica mesmo a impressão de que o consegue fazer sozinha mas simplesmente não o faz( já deixei ela estar sem eu a ajudar para ver a reacção dela mas ela grita e fica frustrada e depois ajudo-a e ela faz o mesmo de sempre e parece que o pode fazer sozinha). A despir tira algumas coisas mas acho que é por ela gostar de andar é nua( no Verão era impressionante), mas tira o casaco chegando a casa ou até ao infantário( só que é logo atirar para o chão e quem quiser que o apanhe), tira as cuecas, meias, calças, tira a parte de baixo, coisas como camisolas acho que ela não sabe como o fazer sozinha porque nunca a vi a tirar.

    ResponderEliminar
  4. Apesar de adorar água não sei porque mas não gosta de lavar a cara ou as mãos, sou eu que a puxo para o lavatório para lavar e ela põe as mãos e acaba por esfregar uma na outra, mas se eu deixar não as lava fica só a mexer e brincar com a água.
    Às vezes fico a pensar porque é que ela não faz, vou insistindo mas ainda nada, ela fica há espera ou chega mesmo a chamar para que eu a ajude a fazer as coisas.
    Eu costumo colocar o saco do pão de forma no frigorífico e ela gosta de comer, eu ensinei como ela devia de fazer, que tinha que abrir a porta do frigorífico, tirar a saca do pão, abrir a saca, tirar o pão, voltar a fechar e por no frigorífico e fechar a porta( passei umas boas semanas a fazer o mesmo), ela sabe como o fazer mas vem sempre me chamar, eu digo para ela fazer porque sabe e ela faz, mas sozinha não tem essa iniciativa, tenho que estar com ela para lhe dizer para ela fazer,nos últimos dias ela chama e faz as coisas mas eu tenho que estar com ela a olhar.
    Não parece a muitas mães mas é preciso muita paciência para estas situações porque ficamos a pensar que é tão simples porque é que não fazes, tu sabes não precias sempre da mama....
    Não sei se passas o mesmo com a tua mas estas são as situações mais recentes da minha.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  5. obrigada, a minha é exatamente como a tua!

    ResponderEliminar