Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

29 de maio de 2013

Um exemplo entre muitos...

... infelizmente!!!

Acabam os desenhos animados...
ela: queo bê ete ôta bês
entra o avô:
avô: olha diz à mãe o que é que foste comer com o avô!
ela: queo bê ete ôta bês
avô: diz lá o que comeste co avô!
ela: queo bê ete ôta bês
mãe – Então?! Tu lanchaste com o avô?
ela: queo bê macaquinhos!
mãe: está bem, mas primeiro diz-me o que comeste com o avô?
ela: queo bê teêbisão!
avô: e bebeu um sumo de laranja!
mãe: bebeste sumo de laranja? – que bom! E tinha picos?
ela: queo bê macaquinhos ota bês
mãe: olha o sumo tinha picos ou não?
ela: queo bê ota bês
mãe: TATIANA então responde primeiro!
ela: queo bê teêbisão!
mãe: Diz então o que comeste
ela: queo bê teêbisão!
mãe: QUERES! RESPONDE-ME ENTÃO SE FAZ FAVOR!
mãe: o avô levou-te ao café foi isso?
ela: queo bê teêbisão!
mãe: NÃO VÊS MAIS TELEVISÃO, NÃO RESPONDES, NÃO HÁ TELEVISÃO!!!
ela: MAS EU QUEO BÊ TEEBISAAAAAAAAAAAAAAAOOOOOOOOOOOO
avô: diz à mãe que comeste xixa boa e bebeste um sumo de laranja
ela: QUEO BBBBÊ TEÊBISAAAAAAAAAAAAAOOOOOOOO
mãe: NÃO VÊS, ESTOU ZANGADA CONTIGO!!!
avô: mãe dá-me o comando que ela vai dizer que comeu xixa boa
ela: queo bê tetebisão
(respiro fundo perante o desânimo do avô)
mãe: comeste xixa foi???
ela: queo bê teebisão (já a chorar)
mãe: não respondes - não vês mais nada!
avó: pronto não chores que o vô põe os macaquinhos
mãe: não põe nada, ela não fala com as pessoas não vê mais macaquinhos
...

27 de maio de 2013

Negociação!

Ela - mãe queo a tabuete (tablet)
- Deixo-te brincar um bocadinho se cantares o "atirei um pau ao gato" pode ser?
ela - sim poie
- então tú cantas e eu vou-te gravar a cantar está bem!
ela - sim
- podes começar - mas olha pra mim pra eu gravar a tua boquinha a cantar a música!
- olhar pra mim certo!!!




Lindo!!! Olhar prá mãe é que é complicado...

10 de maio de 2013

Diálogo com o pai

Olha para cima da mesa e vê o espelho que me ofereceu no dia da mãe:
ela para o pai - olha, olha, é um tabálho
pai - é um trabalho?
ela - sim é
pai - e quem fez este trabalho?
depois de pensar um bocadinho responde - foi eu!
pai - foste tú! E onde fizeste este trabalho?
põe-se a pensar e diz - na scolinha
pai - na escolinha!
mãe - e está muito lindo!
ela - pois tá, é um êsssspeio!

gostei tanto de a ouvir iniciar o diálogo e dela dizer "fui eu"

:)

9 de maio de 2013

Explosão de alegria!


É oficial:
A comparticipação da Segurança Social nas terapias vai ser de 78%

Irei ser reembolsada brevemente.

Que alívio... nem imaginam!!!

Agora já vai sobrar mais algum dinheiro ao final do mês!

Vou poder inscrevê-las noutras atividades :)


biba, biba , biba!!!

8 de maio de 2013

Mãe, dorme bem!

Todas as noites ao deitar dou-lhe um beijinho e digo-lhe "boa noite, dorme bem"
ela nunca me retribuiu...

Ontem já era tarde e por isso não a deixei ver um episódio da ovelha Timmy no tablet  disse-lhe que ela não ligava porque já estava a dormir e desejei-lhe "boa noite, dorme bem" ela de chateada respondeu-me
- "não dorme bem nada!!!"
Eu virei-me e disse-lhe
- "está bem! então dorme mal!"

Passados uns minutos ela pega na minha mão e diz: "mãe, dorme bem"

Fiquei tão contente, dei-lhe um montão de beijos e disse-lhe que dormisse bem também

:)

7 de maio de 2013

Comparação de desenhos

Este foi o "desenho da mãe" que a minha piolha fez, eu ia pedindo "faz a cabeça, agora os olhos, a boca... :


Vá lá que pelo menos pegou na caneta e tentou... ela odeia fazer "desenhos"!!!


Este foi feito por uma coleguinha um mês mais velha:

Como são/eram os vossos filhotes da mesma idade?

6 de maio de 2013

Erupção polimórfica da gravidez

Ainda não tinha aqui referido isto:
Uns dias antes de ter a minha filha, apareceram-me umas manchas à volta do umbigo, no dia a seguir ao parto a médica que me veio ver reparou nelas e disse-me que aquilo era uma alergia qualquer...
Essas manchas foram alastrando, alastrando, acompanhadas duma comichão indescritível, para todo o corpo com excepção da cabeça, peito e costas, as partes mais horrivelmente afetadas eram abaixo do umbigo, nas nádegas e nas coxas.
Tenho muita pena de não ter tirado fotos...
Disseram-me que era isto:


"Erupção polimórfica da gravidez
Trata-se da mais comum das dermatoses gestacionais, com prevalência de um caso a cada 160 gestações, com maior freqüência em primigestas. Ocorre predominantemente no terceiro trimestre da gestação.
Sob o aspecto clínico manifesta-se por lesões urticariformes intensamente pruriginosas, com início sobre as estrias abdominais, disseminando-se para coxas, região glútea e braços. Mesmo começando no abdômen, a região periumbilical é poupada. De modo geral, as lesões regridem em até seis semanas, havendo descamação e crostas na fase de resolução.

A erupção polimórfica da gravidez, antigamente denominada prurigo-urticária-pápula-placa da gravidez (PUPPP), está associada à primeira gestação, a gestação gemelar e ganho de peso exagerado na gravidez, não havendo piora no pós-parto e nem tendência à recorrência em outras gestações. O prurido piora de forma gradativa até o parto, quando tende a resolver-se espontaneamente.
Ao exame histopatológico, observam-se edema na derme superficial e espongiose com infiltrado de eosinófilos na fase urticariforme. Já na fase vesicular, verificam-se intensa espongiose e vesiculação subepidérmica. Finalmente, na fase resolutiva, predominam paraceratose e acantose. Imunofluorescência pouco contribui na investigação dessa enfermidade.
O tratamento deve ser apenas sintomático, com anti-histamínicos e corticóides tópicos, uma vez que se trata de doença sem riscos para mãe e feto e com resolução espontânea. Nos quadros mais intensos, pode-se utilizar corticoterapia oral."
Retirado daqui


Se era isto não sei... nem nunca vou saber... sei é que eu piorei APÓS o parto e andei assim mais de 2 meses... foi horrível...
Porque é que me lembrei disto agora???
- Porque passei dois meses a querer arrancar a pele (principalmente do rabo) tanta era a comichão e A MINHA FILHA DESDE QUE ANDA SEM FRALDA QUE METE A MÃO NAS NÁDEGAS E COÇA-AS!!!
Todos os dias vejo a marca dela ter andado a coçar o rabo.
Já falei com a médica, que mandou fazer umas análises - não acusaram nada...

Haverá ligação???





Mais esta...

Há quase meio ano que não corto as unhas à criatura...
porquê???
Porque simplesmente não há unhas pra cortar!!!
Ela anda constantemente a lascar as desgraçadas, até faz ferida...
Tem umas unhas que metem nojo... super pequenas, enterradas no sabugo, sempre descascadas...

Que é que hei-de fazer???


Arre! Já ouviiiiiii!

Como já cá tinha mencionado, quando a piolha quer alguma coisa não pára de repetir o que quer, à volta das nossas pernas, até que o pedido seja satisfeito (ou não!).
Mesmo que eu lhe diga pra esperar, que já ouvi, que já vou... não adianta!
Esta manhã deu-me pra contar:
"queo eitinho com ceêais" - 12 vezes
"queo bê teuêbisão" - 27 vezes
"queo a tabuete" - 22 vezes
"não enconto a tabuete" - 14 vezes
"queo ii ó parque" - 17 vezes
"queo um geado" - 10 vezes

grunfff...

3 de maio de 2013

Aos pouquinhos chegaremos lá...

No infantário:
Então, gostaste da piscina?
ela – gostei e engoi água
- engoliste água?! Hó que chatice!
ela – não pode-se engoir água!
- pois não! 
educadora: olha o que é a A. fez na água?
ela - (cobre a cara com as mãos pra mostrar vergonha e não diz nada)
- diz-me lá... eu não sei o que a A. fez?
ela - (mantem as mãos na cara e nada diz)
educadora - a A. fez xixi!!!
- háááá... não se pode fazer xixi na piscina!!!
ela - (tira as mãos da cara e diz) pois não!!!

 Já no carro a chegar a casa:
- há... é verdade, tenho aqui um bocadinho de pizza, queres?
ela – SIMMMM
- gostas de pizza?
ela – sim gosto!
- olha quem vem alí
ela – é o vô!
avô – Olá... que é que estás a comer?
ela – tou a comé pizza!
avô – deixa-me provar... lhec... isso não presta!

Passados uns minutos, já o avô tinha seguido, ouço-a dizer baixinho, como se estivesse a pensar pra ela:
- o vô disse que pizza num pesta, mas pizza é muito bom...tem queijo e xiame... (fiambre)

Fiquei emocionada e renovada!!!


Desgastante...

Tirar fotografias com a piolha...
Temos que tirar 20 para aproveitarmos 1...

:(