Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

26 de novembro de 2014

Saídas duma piolha impressionante

ela: sabes avô, a minha mãe vai fazer anos... vai ficar mais velha!
*   *   *   *   *

Depois de vir da festa de aniversário de uma amiguinha:
eu: então, gostaste da festinha?
ela: gostei muito, foi fantástica, até queria uma festa igual no meu aniversário!
eu: o que é que gosta mais?
ela: do insuflável!!! achas que também posso ter um insuflável na minha festa?
eu: não sei princesa... sabes que ele foi emprestado, não é da mãe da A. e o senhor que emprestou se calhar não me empresta a mim porque não me conhece sabes...
ela: mas tu podes falar com ele, acho que ele vai-te emprestar também!
*   *   *   *   *

médica: como te chamas
ela: (diz o nome completo)
médica: Muito bem, já sabes dizer o teu nome completo!
ela: pois sei, e o meu nome é muito longo...
*   *   *   *   *

num parque de estacionamento:
eu: olha... não me lembro onde estacionei o carro...
ela: não te preocupes mãe, eu vou à frente e vou ser o teu GPS ok
*   *   *   *   *

eu: tenho que aspirar o carro, ele está tão sujo que até é uma vergonha!
ela: pois... também acho, tá cheio de migalhas!
eu: e quem é que o deixou assim???
ela: fui eu! Tive uma ideia - tu aspiras por dentro e eu lavo por fora que achas, sim ou não?
eu: se chegarmos a casa e ainda estiver dia pode ser...
ela: ok, combinado!
ela: e tenho que calçar as minhas galochas para não me molhar está bem sim ou não?
eu: pode ser
ela: Boa!

Ultimamente anda com expressão "sim ou não?" e "ok" :-)

3 de junho de 2014

Que me dizem?

Hoje venho perguntar um coisa a todos vocês que me acompanham:

- acham normal uma criança a caminho dos 5 anos abordar qualquer estranho como se aborda um amigo/familiar???

A minha filha foi SEMPRE assim, este fim de semana fomos a um parque onde se pratica pesca desportiva e a miúda num ápice corre-me pró pé dum pescador, chega lá,diz olá e agarra-se ao desconhecido...
ele retribui o olá e ela pergunta se já pescou algum peixe, enquanto se "enrosca" no homem pra se sentar no colo dele...
Acham isto normal???

É que mete-me cá uma confusão :(
o homenzinho diz-lhe que tem uma neta do tamanho dela e lá fica ela toda agarradinha, toda sorrisinhos quem nem queria vir comigo...

Em pequena, nunca tivemos problemas em deixa-la em casa de tios ou outras pessoas amigas...


30 de maio de 2014

Abananada...


A resolver um quebra-cabeças:
- mãe este é muito difícil, podes ajudar-me?

Tentei 1,2,3,4 vezes e nada...

Vira-se ela já (muito) impaciente:
- ó mãe... deixa cá que eu consigo...

e pimba, certinho à primeira!!!


...

Noutro nível do mesmo quebra-cabeças:

- Então, estás a conseguir?
- Estou quase...
(meto-me)
-olha fazes assim! Vês, consegui!
- não conseguiste nada mãe!!! Tens que apanhar as estrelas!!!




Olhem-me a catraia!!!
Toma e embrulha!!!



26 de maio de 2014

Raios partam a televisão...


Estava eu a montar uma estante, quando a certa altura me cai uma das prateleiras na cabeça...
Agarrada à cabeça, toda abalada, olho prá piolha, que assistiu à cena, e vejo que continua impávida e serena a ver desenhos animados.
Ai, ai a minha cabeça...ai... ai...


OLHA LÁ, TU NÃO TE PREOCUPAS COM A MÃE???
- Agora não posso, tou a ver televisão!!!
Ai é... e a televisão é mais importante que eu???
- é, porque está a dar macaquinhos!!!

grrrrrrrrr

Pequeno almoço... um problema sério!!!

...
- Já te disse que não.
- oh mãe!!! Mas eu queria muito!!!
- Tatiana, chocolate não é pequeno almoço!
- mas eu gosto, porque é muito bom!
- pão com queijo ou cereais com leite e ponto final
- mas eu quero chocolaaaaateeeeee!!!
- vais querer mas é uma palmada no rabo que até vais deixar logo de gostar de chocolate
(muito séria)
- Eu não vou deixar de gostar de chocolate... as pessoas gostam todas de chocolate
- isso não é verdade, há pessoas que não gostam de chocolate sabias!
(com o maior ar de admiração do mundo)
- não gostam??? porquê???
- porque acham muito doce e faz-lhes doer da barriga
- mas a minha barriga gosta muito, podes dar-me um bocadinho J
- se comeres o leite todo pode ser que te dê um bocadinho no final...
- óhhh mãe... mas não pode ser porque o leite faz-me doer a barriga

...

Boa!!!

Fomos à Worten comprar uma televisão, ao chegarmos ao carro o meu marido resolve assustá-la:
- Ai... a televisão não cabe dentro do carro!!! 
Eu entro na brincadeira:
- hei... Vamos ter que a levar outra vez prá loja!!!
Vira-se ela aflita:
- Não! Não! Eu tenho uma ideia!
- então diz lá a tua ideia
- POMOS A TELEVISÃO EM CIMA DO CARRO E AMARRAMOS COM UMAS CORDAS!!!


Ficamos os dois de boca aberta!!!

8 de maio de 2014

Borboleta amarrada a tentar voar...



Chego ao quarto e deparo-me com este cenário:

- Asas nas costas e a amarrar um cordão de sapato ao meu cinto do robe, já amarrado ao puxador do móvel...


- Posso saber o que é que estás a fazer??????????

- MÃE, SOU UMA BORBOLETA AMARRADA A TENTAR VOAR!!!





... e voaste meu amor, voaste e espero que nunca pares de voar, cada vez mais além!!!

3 de abril de 2014

Conversa espontânea III

ela: olá mãe, como foi o teu dia?

*************

Antes de se deitar abriu a gaveta, tirou o batão de cieiro...
eu: que é que vais fazer com isso?
ela: vou pôr batom de cieiro!

Deitou-se, fui aconchegá-la e dei-lhe um beijinho leve...
ela: óh mãe, acho que me tiraste o batom com esse teu beijo!!!

*************

Do quarto dela para a cozinha:
ela: HEEEEIIIII HEEEEEIIIII, estais a fazer muito barulho!!! Eu estou a tentar dormir!!!


1 de abril de 2014

Objetivo: Comprar dois passarinhos!

Há já algum tempo que a piolha nos anda a pedir que compremos dois passarinhos...

Estes dias oferecemos-lhe uma casinha mealheiro e explicamos que era para ela guardar as moedas que lhe dessem e não é que ela disse logo que ia enche-la de moedas para comprar os passarinhos!!!

Entretanto ontem estava eu toda contente com a carta do fundo de garantia salarial e eis que ela me pergunta que papel era aquele. Expliquei que era uma carta a dizer que ia receber muito dinheiro (era bom que fosse muito era...)
Ela vira-se e diz - "então já vou poder encher o meu mealheiro, pra depois levar ao senhor dos passarinhos, boa!!!

... parece que não nos vamos safar de comprar os passarecos... quando tal não ganhamos para alimentar tanta bicharada!!!


28 de março de 2014

Conversa espontânea II

à vinda do infantário, sem mais nem menos:

ela: mãe, os pinguins moram na neve?
mãe: moram porquê?
ela: porque não tinha pinguins quando fomos à neve! (fomos à Serra da Estrela há um mês)
mãe: pois não! Os pinguins vivem na neve, mas também precisam de mar porque comem peixe. Vivem em sítios que tenham neve e mar percebes! Nós fomos ver a neve numa montanha, viste que tivemos que subir muito de carro não viste! E nas montanhas não tem mar, por isso é que não viste pinguins!
ela: então temos que ir à neve que tenha mar para eu ver os pinguins!!!
mãe: isso fica muito caro! quando tivermos muito dinheiro vamos vê-los está bem!
ela: está bem :)!!!

Tão fácil de convencer esta minha princesa... se ganhar o euro-milhões vou ter dezenas de promessas para cumprir lol

Saídas...

mãe: despacha-te que estamos atrasadas
ela: está bem, só um minuto!
*****************

mãe: vai buscar as tuas pantufas
ela: não posso, agora estou muito ocupada!
*****************

mãe: anda lá! despacha-te!!!
ela: óh... mas eu ainda tenho muito sono e a cama é tão quentinha...
*****************

mãe: já chega de televisão, está na hora de ir prá cama!
ela: ao menos podias deixar-me brincar um bocadinho com a tablete...

27 de março de 2014

O problema do xixi...

A minha filha sempre aguentou imenso, em bebé chegou mesmo a fazer análises porque passava 8-12 horas com a fralda seca. Nada se detetou de anormal.
Sempre andei muito no controle e obrigava (e obrigo) a ir à casa de banho pra evitar que aperte até à última.
Ontem, depois de a mandar/lembrar de fazer xixi umas 4 vezes e ela ter respondido que não lhe apetecia, foi fazer xixi mesmo à entrada da casa de banho! (em 2 meses é a 2ª vez que acontece)
Veio a choramingar toda mijada...

E levou 3 palmadas no rabo!!!

Disse-lhe que estava muito zangada com ela, porque a tinha avisado para fazer xixi e que ela está farta de saber que não se aperta, que qualquer dia a barriga ia rebentar e ela tinha que ir pró hospital pra lhe coserem a barriga...

Entre soluços disse-me que não era mais minha amiga... mas passou rápido... muito rápido, como é costume quando sabe que fez burrice!

Custou-me, mas teve que ser... a educadora já comentou comigo que isso também a preocupa, e tenho que ser firme com ela pra ver se ela deixa de apertar tanto.

Espero que não seja como o pai que consegue acordar e ir trabalhar sem ir à casa de banho!!!

(já eu sou uma maria mijona...)


25 de março de 2014

Brincadeiras normais

A piolha agora farta-se de falar sozinha, começou a brincar a sério, com os carrinhos e bonecas e loucinhas etc...
Longe vai o tempo em que passava horas a atirar brinquedos pelas escadas abaixo... repetidamente...

Estes dias eu estava a arrumar, primeiro ouvi um barulho e depois ouço-a a choramingar...
mãe: que se passou??? Magoaste-te???
ela: não (muito surpresa da minha aflição) só estava a FINGIR!!!
mãe: há... é que eu fiquei preocupada!
ela: não te preocupes mãe, foi a boneca que caiu e magoou-se!!!

Conversa espontânea I

ela: mãe, hoje aprendi uma musica nova
mãe: ai sim... então canta lá.
ela: papagaio loiro de bico amarelo,

pai: não é amarelo ó "trenga"...

ela: é, é...

pai: não é nada, é doirado

ela: não é naaaaadaaaaaa! tás a chatear-me!

mãe: pronto - canta lá então.

ela: papagaio loiro de bico amarelo,
      faz xixí na cama
      e levas c'um chinelo!
mãe: hááá
ela: é uma música muito engraçada!
mãe: pois é! Gostei muito! Quem te ensinou?
ela: foi a minha amiga Mariana
mãe: muito bem!
pai: é isso que te acontece se fizeres xixi na cama!
ela: eu não vou fazer!!!
mãe: claro que não, ela é uma menina muito crescida, não é nenhum bebé, pois não?
ela: não! Sou muito crescida!

:)

21 de fevereiro de 2014

Caixinha de surpresas


Depois de a mandar umas poucas de vezes prá cama,
vou eu com cara de má na sua direcção,
ela foge pra debaixo dos cobertores...
de repente volta a descobrir-se,
olha-me com ar de desafio e começa:
"mamãe passou açúcar em mim... mamãe passou açúcar em mim..."

lá se foi o meu ar sério pró caneco...
como ia eu segurar-me com uma saída destas?
kkkkkkkkkkkkkkkkk


13 de fevereiro de 2014

Sinto-me:


Obrigada do fundo do coração a todos os "anjos" que se cruzaram no meu caminho!!!



Pura felicidade...

é ler isto:


História de Portugal

A evolução tem sido à velocidade da luz e eu estou muito feliz e emocionada :)
vejam só este diálogo:

mãe: então tu já sabes quem foi D. Pedro?
ela: sei! foi o justiceiro!
mãe: e sabes com quem é que ele casou?
ela: foi com a D. Constança
mãe: e ele gostava dela?
ela: não, ele gostava da D. Inês de Castro!
mãe: ai sim! e o que aconteceu à D. Inês?
ela: os soldados mataram...
mãe: mataram, que maus!!! E quem mandou matá-la?
ela: foi o pai do D. Pedro, o D. Afonso I
mãe: foi o Afonso I ou o Afonso IV???
ela: à já sei... o Afonso IV


impressionados???
pois eu também fiquei!!!


Também adora ouvir o CD que conta a história de D. Afonso Henriques e acompanha sempre a música:

Afonso é  um menino                    
Engraçado e inteligente,
Destemido e atrevido
E principalmente valente.

Trazia sempre consigo
Uma espada de madeira;
Imaginava-se na luta
E ganhar sempre à primeira !

Afonso nasceu valente                        
Com o sonho principal:
Ter coragem para criar
O reino de Portugal .  

Cresceu só um bocadinho
E decidiu começar;
Era altura de ser rei
Está na hora de avançar.

Sem encontrar dificuldades
E amigos verdadeiros,
Sempre cheio de coragem
Como é próprio dos guerreiros !

Afonso nasceu valente
Com o sonho principal:
Ter coragem para criar
O reino de Portugal .             

Quando se tornar adulto
Vai crescer em valentia,
Não dá descanso à espada
Nem de noite nem de dia.

Afonso nasceu valente
E assim  quer continuar;
Tem o sonho de ser rei
E um país para fundar  !

Afonso nasceu valente
Com o sonho principal
Ter coragem para criar
O reino de Portugal  




Esta miúda vai gostar de História de certeza!!!



7 de janeiro de 2014

Nem sei que lhe diga mãe!

Ontem fomos à consulta de Pedopsiquiatria, a Tatiana entrou, disse bom dia à doutora, mostrou-lhe uns bonequinhos que lhe tinham oferecido no espaço das brincadeiras que tem lá no H. S. João:
ela - Olhe pra isto, o cão tem muitas pernas!
ela - e só tem um olho!
ela - isto é para voar (vrrruuuuum vrrrruuummmmm)

quase não nos deixava falar :)

Depois mostrou um desenho que tinha feito, respondeu, super bem disposta, a olhar nos olhos... a sorrir... super tagarela...

Conversamos... e a certa altura a Doutora diz-me:

- É que não sei que lhe diga...
- Já não vejo nada de Autismo nela!!!

mãe - eu também já não vejo nada daquilo que via!

- O que é que lhe fez??? Não me diga que tentou aquelas dietas... ou...

mãe - não, não fiz nada... só muita estimulação e tirei-a de casa sempre que pude.
Sabe doutora, a evolução notou-se desde que ela começou a dormir melhor, ela já dorme sozinha e a noite toda, mas colocamos um U dentro da cama para ela ficar lá encaixada, ela tem que sentir limites...

- É impressionante! As dificuldades que ela tinha e como está agora... este é um caso para pôr na internet...
- Olhe... não sei que lhe diga!


Pois...


Já analisaram bem a nossa história???
Viram os comportamentos que a minha filha tinha???
Mas afinal o que se passou??? Não era Autismo??? Ou afinal Autismo é recuperável???

Não sei...
Só sei que ela está ótima!!! Falta pouco para estar ao nível dos coleguinhas!


A mãe, o pai e a Tatiana!

Desenhar está entre as coisas que a princesa mais odeia fazer, mas ontem, com a promessa de que o Pai Natal ia dizer-me onde vende um jogo que ela gosta muito, aceitou fazer um desenho :)

Agora já faz a figura humana e com detalhes!
(só não quis pintar o desenho... disse-me que já estava muito cansadinha...)




Avaliações

Relatório das Terapeutas (Fala e Ocupacional)
em 17 de Setembro de 2013




Relatório da Professora de Ensino Especial
em 19 de Dezembro de 2013





Os diálogos sucedem-se :)

A criatura agora não se cala!!!
...e é para mim uma emoção do tamanho do mundo!

ela - Mãe, o que vamos comer hoje?
mãe - vamos comer arroz com frango.
ela - e o que é que ele fez?

(um dia para explicar porque é que matamos para comer, disse-lhe que o "bicho" era muito mau, que tinha ferrado muito num amiguinho...foi o que me ocorreu...)

mãe - portou-se muito mal!
ela - e podemos comer salsichas e ovos?
mãe - não! hoje é arroz e frango!
ela - mas eu queria, por favor! por favor!
mãe - Tatiana, já falei!
ela - óhhhh... está bem...

:)