Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

18 de novembro de 2013

Melhor diálogo até hoje!

Tenho-lhe andado a falar do Natal (e do Pai Natal claro está)
Numa ida ao supermercado ela encantou-se (mesmo) com o jogo do Mauzão e eu disse-lhe que ela podia pedi-lo ao Pai Natal...

No dia seguinte, vinhamos do infantário e diz ela sem mais nem menos:
ela: mãe eu disse à "Soxia" que é um cão e tem uns ossinhos, e nós roubamos e ele faz AU AU AU AU
é o Mauzão!!!
mãe: sempre é isso que queres pedir ao Pai Natal?
ela: sim!
mãe: então tens que lhe escrever uma carta a pedir!
ela: mas... eu não sei escrever, sou pequenina, tu escreves a carta ao Pai natal -  tu sabes, tu és gande!

Fiquei emocionada...

13 de novembro de 2013

Delícia!!!


Depois de uma (habitual) sessão de beijos pergunto-lhe:
- quem é que te ama muito muito muito?
ela: é a mãe!!!
- e quem é que tu amas muito muito muito?
Fica pensativa e com ar maroto responde:
- a Luna!!! (a nossa cadela)
Faço cara de triste...
ela: háááá... enganei-te!!! É a mãe!!!

11 de novembro de 2013

Impressionante!!!

Faço-lhe um comboio com legos...
ela: mãe, o comboio ficou IMPESSIONANTE!!!

:)

Interpretação à letra...

No carro a caminho de casa:
ela: mãe e a televisão tem bateria?
(esta pergunta é sagrada ao acordar e no final do dia quando vem do infantário)
(nós limitamos a televisão para podermos fazer outras atividades com ela... quando a televisão desliga, ela pensa que acabou a bateria...)
mãe: acho que tem, mas só um bocadinho!
ela: então quero ver o Bolt!
mãe: está bem...

Chegamos à sala:
ela: posso ligar a televisão
mãe: podes!
ela: quero ver o Peter Pan
mãe: o Peter Pan??? Mas não foi esse que disseste que querias ver no carro!?
ela: mãe, NO CARRO NÃO TEM TELEVISÃO!!!
mãe: eu sei!!! Mas no carro qual é que tú disseste que querias ver?
ela: mas mãe... NO CARRO NÃO TEM TELEVISÃO...
mãe: ó amor eu sei que no carro não tem televisão! Mas tú não disseste que querias ver o Bolt quando vinhamos no carro?!
ela: no carro??? MAS NO CARRO NÃO TEM TELEVISÃO...
mãe: ó Tatiana, tú disseste que querias ver o bolt e agora dizes que queres ver o Peter Pan - afinal qual queres - o Bolt ou o Peter Pan???
ela: o Peter Pan...


:(     que dificuldade.....

1 de novembro de 2013

Halloween

É delicioso ver que a princesa está a interessar-se cada vez mais pelo que se passa à sua volta e mostra vontade em participar.
Um exemplo disso foi o Halloween, ficou entusiasmada por se vestir de bruxinha (boa claro)!!!
O que não gostou foi que lhe pintasse os olhos, ou melhor, quis que pintasse, mas quando se viu ao espelho detestou e só gritava “tira, tira, tira”...
Quando chegou ao infantário todos a elogiaram e ela ficou toda orgulhosa!
Quando a fui buscar, ao final da tarde, já vinha com os olhos pintados e tudo. Expliquei-lhe que no dia das Bruxas as bruxinhas iam à casa das pessoas e diziam “doçura ou travessura” para as pessoas lhes darem coisas doces como rebuçados, chocolates, gomas etc, e perguntei se ela queria ir pedir pelas casas.
Disse-me logo que sim J
Parei no restaurante que tem pertinho de nossa casa e disse-lhe para ir, fiquei a ver o que ela fazia...
Ela lá foi, toda despachada:
ela - Doçura ou doçura
O dono do restaurante ficou a olhar pra ela...
ela - Hei!!! Doçura ou doçura!!!
- não estou a perceber... diz o homem...
- não estás a ver que a bruxinha quer uma doçura! Diz a esposa do senhor a rir...
E lá veio ela com um chupa na mão toda contente.
O senhor deu-te um chupa?! Que bom! Vamos então pra casa.
ela: não mãe! Tem ali mais casas!
E esta hein... quem me mandou falar! Lá tivemos que correr as casa todas! Ainda bem que não eram muitas.
O pior é que foi comendo as coisas e ao jantar estava sem fome nenhuma...


Foi muito giro!!!