Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

21 de maio de 2012

A paixão por água

Tentativas para a "arrancar" de casa:

Tatiana vou a casa da avó queres vir?
- ...
Tatiana?
- ...
Vou a casa da avó queres vir?
- ...
Tatiana a mãe vai a casa da avó queres vir, anda, vamos ver as galinhas...
- ...
Tatiana estou a falar contigo! Olha o que a mãe te está a dizer...
Vou a casa da avó queres vir ou não?
- NÃO

(passados 15 minutos...)

Queres ir dar um passeio com o pai?
- ...
O pai vai dar um passeio lá fora queres ir com ele?
- ...
Queres ir ou não?
- ...
Tás a ouvir a mãe?
- ...
Queres ir ver o rio com o pai?
- SIM
Então anda calçar as galochas pra não molhares os pés
- SIM SIM "LOCHA" !!!

...e lá foi com o pai passear nas margens do rio Leça, que passa atrás da nossa casa.



Em casa procuro sempre despejar baldes e afins senão... tenho um "pito" num abrir e fechar de olhos!!!


Também adora andar descalça/sem roupa, gosta de animais, de jogos de encaixe e de transportes (carros, camiões, comboios e estradas com semáforos)...


6 comentários:

  1. Olá,
    Já pensaste em na a natação/adaptação ao meio aquatico?
    O meu filho anda e gosta apesar de não irmos desde outubro por causa do frio. Vamos recomeçar em breve.
    Bjs
    Catarina

    ResponderEliminar
  2. O meu e igual :) e também a paixao pelos mesmo temas. Muito contacto com a natureza e o melhor que lhes podemos dar. Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. As minhas são tal e qual. Agora nem tanto pois já controlam melhor essa adoração mas, antes de todos estes avanços e recuos, passavam a vida a despir-se. Aliás, são peritas em desbotoar e correr fechos, desapertar nós...
    Optei por colocá-las na piscina. Se foi fácil? Não, NADA!!!!! Eu tinha de ir sozinha com elas para o tanque e andei 1 ano inteirinho nisso, 1x por semana. Entre balneários, tratar delas e de mim, eu andava rota. Este ano letivo subiram de nível e já vão sozinhas para o tanque. O meu trabalho limita-se aos balneários e a assistir à aula. Agora já vão 2x por semana.
    Não nadam, não fazem quase nada do que os outros meninos fazem, não toleraram mergulhos até há muito pouco tempo mas ADORAVAM brincar na água e estar ali naquele ambiente aquático aqueles 90 minutos por semana.
    É extremamente cansativo, os progressos são extremamente lentos mas vale a pena pois vê-se que gostam mesmo daquilo.
    Experimenta. Vais ver que a piolha vai gostar.

    ResponderEliminar
  4. O meu como ainda é adaptação ao meio aquatico vai sempre comigo. É cansativo, principalmente a parte dos vestiários, imagino duas!! Ele ás vezes distrai-se com o movimento e barulho da piscina, que está cheia aquela hora, e fica dificil captar a sua atenção. as aulas são andar a chapinhar, cantar musicas, apanhar bonecos, etc.

    ResponderEliminar
  5. Olá amigas :)
    Eu já vou com ela pra piscina há bastante tempo, interrompi este Inverno porque ela teve duas ótites seguidas e a médica aconselhou a dar um tempo... mas estou ansiosa por recomeçar.
    A minha filha na piscina fica irreconhecível, a educadora já a viu e nem queria acreditar que era ela que ali estava - coopera pra despir/vestir, pede para por a touca, diz "anda mãe", eufórica de felicidade...
    Na água é um perigo... não teme NADA, quer que a ponha no muro pra dar saltos "salta, salta", tenho que estar sempre a agarrá-la senão atira-se mesmo sem eu estar a ajudar... já engoliu água muitas vezes, mas não se intimida. Quando vou há sempre alguém lá que me diz "ai, as crianças assim são um perigo..."
    As piscinas daqui infelizmente não foram pensadas para bebés porque nenhuma tem "pé", ou seja tenho que andar com ela a braços o tempo todo, é cansativo mas acaba por ser bom porque a obriga a comunicar para dizer o que quer.
    É a coisa que mais adoro fazer com ela...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueci de dizer que para já vamos a banhos livres, experimentei as aulas, mas ela não cooperava e acabava por não se divertir tanto.

      Eliminar