Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

3 de setembro de 2012

Balanço das férias

As férias foram "soft", deram essencialmente pra descansar a cabeça de assuntos de trabalho.
Só apanhamos dois dias bons de praia e não conseguimos concretizar alguns dos planos que tínhamos por causa do tempo foleiro que apanhamos. A piolha esteve sempre bem, adorou a praia da Agudela e eu também fiquei fã, quando a maré está baixa a praia fica cheia de pocinhas maravilhosas e sem perigo pra eles brincarem.
Ficamos alguns dias em casa, com os novos inquilinos, a gatinha Kika e o "bebé knino" da nossa gata Mia, fomos muitas vezes pra casa da minha sogra que é um anjo, esteve na piscina, passeamos bastante, fomos brincar no parque algumas vezes e fomos aos Sealife.
A piolha está a comunicar cada vez mais, a avó até se emocionou ao ouvi-la dizer:
"nó quero este, nó quero este"

Já vai dizendo algumas frases:

- não embola (não vás embora)
- mãe panha ninhã (apanha-me)
- mãe segura
- mãe ninhã xubi (mãe eu subí)
- olha mãe ninhã caiu (mãe eu caí)
- olha mãe bebé knino (mãe olha o bebé pequenino)
- mãe paga úz (mãe apaga a lúz)
- mãe tira zola (mãe tira-me a camisola)
- eu xola (eu choro)
- mãe tá ki pai (mãe o pai está aqui)
- não, meu (não, é meu)
- eu xono (eu tenho sono)
- pumba, pumba, eu bate (pumba pumba eu bato)
- mãe cocós nanne (mãe fiz um cocó grande)


Fui-lhe explicando que não podíamos ficar sempre de férias, que o dinheiro acabava e tínhamos que ir trabalhar pra ganhar mais, acho que ela entente isso perfeitamente, até porque fica muito atenta quando vamos comprar qualquer coisa (eu lembro sempre que temos que pagar para podermos trazer).

Quando hoje lhe disse que tinha que ir trabalhar ela agarrou-me e disse "não, xica ninhã", eu disse que tinha que ser porque já não tinha mais dinheiro pra comprar papinha... pedi-lhe um beijo e lá me deu um beijo conformada com a ideia...

... é a vida dos pobres!!!




1 comentário:

  1. Olá, fico tão contente por ela estar e evoluir tão bem.
    Espero que um dia a minha faça o mesmo. Estava a pensar levar a minha ao sealife, acho que ela vai gostar( mas tenho sempre aquele medo miudinho de pagar e ela lá faça uma birrita). Mas como nada disso tem acontecido e ela gosta de animais é capaz de ser uma boa experiência.

    Que a tua menina continue neste bom caminho.

    Bjinhos

    ResponderEliminar