Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

18 de maio de 2015

Conseguiste princesinha!!!

Depois de muitas consultas no H.S.João, de muito trabalho, a médica que acompanha a minha filha deste os dois anos e meio disse que deixou de fazer sentido dizer que ela se enquadra dentro dos parâmetros das perturbações do Espetro do Autismo, a evolução foi excelente, é um caso extraordinário, sem explicação... Estou tão feliz! 
Não vejo a hora de levar o relatório à Segurança Social para retirar "Deficiência Permanente".
"Às vezes acontecem estes milagres" dizem-me... por isso nunca percam a esperança.

13 comentários:

  1. Feliz, por vocês <3
    Estranho é como é fazem uma declaração ou certidão deficiência permanente a uma criança tão pequena.
    O caminho, é para frente, continuação de muito estimulo e amor

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Um Milagre sem duvida, fico muito feliz por vocês...mil beijos
    Anabela e Maria Inês

    ResponderEliminar
  3. Que bom! Fico muito Feliz! A pergunta é.. Existe mesmo a possibilidade de uma criança sair do PEA? Gostaria de saber..
    Muito feliz por vocês.beijos, Ana

    ResponderEliminar
  4. Olá Ana, imagina uma escala em que 1 representa dependência total e tudo de mau e se vai melhorando a cada ponto até 30, na barreira dos 30 está aquele grupo que tem algumas características, mas é muito funcional, ao ponto de já não fazer sentido estar a rotulá-lo. É aí que está a minha filha, foi assim que me explicaram - que ela evoluiu ao ponto de ultrapassar os 30. Ou seja ela continua e ter algumas características, mas essas não são suficientes para perturbar o dia-a-dia dela.

    ResponderEliminar
  5. Olá, Helena! Tenho um filho no tea. Ele tem 3 anos e meio, esta começando a formar frases agora, mas ainda nao dialoga. Já ouvi de psicologos que ele nao tem tea, mas a psiquiatra acha que ele tem tea leve. Acredito que com muito trabalho ele podera sair do espectro. Com qual idade sua filha começou a dialogar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi por essa altura 3 anos e pouco, se o seu filho está a começar a formar frases acho que vai mesmo por bom caminho :-*

      Eliminar
    2. Foi por essa altura 3 anos e pouco, se o seu filho está a começar a formar frases acho que vai mesmo por bom caminho :-*

      Eliminar
  6. Olá Helena!
    Antes de mais, peço desculpa por esta invasão e aproveito desde já, para lhe dar os meus sinceros parabéns por esta excelente notícia (não sabe como fico feliz- não tem noção!!!), que sei que deve ser das mais felizes das vossas vidas!
    Sou mãe de um menino com 29 meses, que apresenta grande parte dos traços da sua filha com a mesma idade (ainda que com uma ou outra variante) e na minha luta incessante na procura de respostas (pois considero alguns comportamentos que não estão dentro dos padrões de desenvolvimento para a sua idade e outros que me intrigam), dei com a sua participação num fórum e que por sua vez, me trouxe ao seu blog (que já "devorei"- aliás "devoro" tudo!!!).
    Queria pedir-lhe a permissão para lhe enviar um e-mail com as características do meu filho, no sentido de uma orientação e quiçá do seu parecer mais experimente).
    Sei que não é médica e que o leque de comportamentos é tão vasto e por vezes tão complexo de avaliação, mesmo para "experts", mas a sua experiência na evolução da sua filha, a sua experiência em vivênciar todo o meu drama e angústia, me poderão ajudar a direcionar os meus esforços! Seria possível?
    Desde já agradeço o carinho de me ler e mais uma vez, perdoe-me a intrusão!
    Beijinhos e votos de muita felicidade e alegrias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim.
      O meu mail é Lenaetati@Gmail.Com

      Eliminar
    2. Claro que sim.
      O meu mail é Lenaetati@Gmail.Com

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  7. Olá Helena, muito obrigado! Acabei de enviar!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Olá Helena!
    Chegou a receber o meu e-mail?
    Beijinho

    ResponderEliminar