Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

18 de setembro de 2013

Luzes na escuridão

Pois é, com algum esforço consegui enfiar o pessimismo no mais longinquou buraco negro da minha mente e aqui estou, de mangas arregaçadas, com vontade de levar tudo à minha frente!
Ajudou a piolha ter entrado novamente na rotina, ui se ajudou! Anda feliz, a cantar a toda a hora, até a avó notou, uff que descanso!

Comprei-lhe mais uma "luzinha mágica", daqui a pouco o quarto fica transformado em discoteca, mas ela gosta tanto que não resisti (e agora quando quer alguma coisa começa a suplicar "por favor, por favor" é que não dá mesmo pra resistir), vá lá que poucas coisas lhe chamam verdadeiramente à atenção...

É um aparelhinho que roda e tem 4 luzinhas que iluminam uma peça em vido, fica lindo, até eu gostei de ver o brilho emanado pelo vidro, pela reação dela foi o que mais gostou até agora.
É parecido com este, mas com um golfinho e funciona a eletricidade:

Ela já tem um globo de plasma e uma decoração de fibra ótica iguais a estes:

Alguma vez me passou pela cabeça que um dia iria dar este tipo de coisas a uma pirralha de 3 anos? Não, claro que não, mas se aos brinquedos "normais" ela não liga, que fazer..!
Quando ela vai dormir liga-os e fica deitada na cama a admirar as luzes (até eu acho giro he he he).

Ir com ela ao chineses é espantoso, ela tem gostos muito particulares, no dia que viu o globo de plasma, perguntou logo se podia "ubá-o" (levá-lo) como vi que era caro disse que não, então ela deu meia volta e foi buscar uma caixinha: - "e esta úzinha posso ubár?"
Era uma caixinha igualzinha a esta:

Fiquei impressionada... ela gosta mesmo de luzes.
Nesse dia acabei por trazer o globo, mas ela ainda não esqueceu aquela lâmpada...


7 comentários:

  1. As rotinas fizeram mesmo falta à piolha, e consequentemente à mãe claro.
    As luzinhas têm na tua filhota um efeito calmante? Faz-me lembrar as salas sensoriais Snoezelen. Existem em algumas instituições e já li um livro sobre um rapaz com Asperger que ia para uma sala deste género na escola quando se sentia hiper-estimulado.
    Acho que a tua menina está a criar o seu próprio espaço sensorial.
    Sabes o meu pai trouxe de França uma luz como a da terceira imagem era eu pequenina. Adorava ver aquilo ligado, a mudança de cores, era suave e calmante.
    Beijinhos, cabeça erguida, força e vive um dia de cada vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Filomena por favor não deixe de fazer comentário!!!
      A sério - têm sido altamente reveladores!
      Será que ela está mesmo a criar um espaço sensorial!
      É que tem toda a lógica - ela deita-se na cama e fica a olhar as luzes, põe os braços no ar e fica a balançá-los como que a imitar os movimentos das cores... e adora tocar com os pés nos "pelinhos mágicos" (que são as fibrinhas ópticas) e ficar a olhá-los a abanarem...

      Estive a ver na internet as tais salas que fala - ui... se bem a conheço ela ia ficar fascinada!

      Acho que sempre lhe vou comprar a tal lampada de discoteca...

      Eliminar
    2. A Tati descobriu sozinha algo que além de gostar lhe faz bem, isso é fantástico. Mas será que lâmpada da discoteca não é psicadélica demais??? Não há como experimentar.
      Não sei de onde vocês são. Eu sou de Pombal e sei que a nossa Cerci tem uma sala dessas. Provavelmente deve existir em alguma instituição perto de si. Nada como procurar.

      Quanto aos meus comentários, ainda bem que estou a ser útil. Quando iniciei este percurso, a net foi uma grande ajuda, mas através de forum americano. Aprendi imenso, percebi melhor o meu Xande e houve uma altura que sabia mais que os médicos. E foi graças a esse forum que encontrei as primeiras familias xf em Portugal. A net é um mundo que bem usado é fantástico.
      Beijinhos

      Eliminar
    3. Sem dúvida, a net também foi o meu grande ombro no início desta aventura. Nos moramos numa aldeia perto de Paços de Ferreira... não há grande coisa por estes lados... só encontrei no Porto...

      Eliminar
  2. Olá Helena, o mais importante de tudo é os nossos filhos estarem felizes, se são com brinquedos últimos modelos ou com luzes sensoriais, isso não importa.
    O Guilherme quando tinha 3/4 anos fez terapia Snoezelen, no nosso caso não vimos grandes evoluções e ele não gostava por ser algo muito relaxante. No vosso caso poderá ser algo que resulte com a tua menina. Tenho uma amiga que fez várias coisas a nível da integração sensorial para o quarto do filhote.

    Beijinhos e bom inicio de ano lectivo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Claudia, tenho a certeza que ela ia adorar terapia Snoezelen, mas não estou a ver uma sala dessas por estas redondezas :( mas vou pesquisar!
      Tenho que me "aprofundar" mais no tema "integração sensorial"

      Obrigada e bom início de ano lectivo também para vocês

      Eliminar
    2. Bem o único sitio que conheço com terapia snoezelen fica no Porto.... Este fim de semana fomos dar uma volta pelo IKEA e a minha pequena ficou parada numa zona toda encantada com uma bola estilo discoteca,estava a rodar e a dar aquele aspecto de luzes de discoteca, até me deu vontade de rir por ela ter ficado tão contente por algo assim,depois fomos ao continente há parte dos brinquedos e comprei uma lanterna que dá para mudar os espelhos da frente por isso ao ligar dá luz com a sombra dos desenhos de cada espelho, é muito giro e é a adoração dela agora. É uma "desgraça" levar a minha pequena a sítios com brinquedos,ela quer tudo:-p A sorte é que não faz birra por levar um Não e não trazer nada,só por isso é que continuamos a ir e ela diverte-se bastante. Bjinhos

      Eliminar