Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

18 de janeiro de 2013

EEG

Dia 16 fomos repetir o Electroencefalograma, tal como da última vez tínhamos indicações para a deitar tarde e acordar cedo. Deixei-a acordada até à hora que lhe apeteceu e, tal como aquando do exame de potenciais evocados auditivos, só aterrou às 3 da manhã. Acordei-a às 8 e optei por ir nas calmas para o Porto, estava um dia horroroso...
O exame era só às 14h, andamos no shopping a fazer tempo, era a melhor maneira de a manter desperta, almoçamos e lá fomos para o hospital.
Tinha andado a dizer-lhe que tinha que fazer um exame, como o gato do Ruca, porque tinha uns bichinhos maus na cabeça e ela portou-se tão bem!!!
Não mexeu nos fios!
Os técnicos foram muito simpáticos, deram-nos tempo para que ela adormecesse naturalmente, pra mim foi um alívio - não queria nada que lhe dessem de novo medicação pra induzir o sono...

Quando acordou ficou calminha à espera que tirassem os fios e quando vínhamos no corredor virou-se pra mim e disse "bô ugiu?" (o avô fugiu?)
Eu disse que não - que ele estava à nossa espera lá fora. Quando ela o viu virou-se pra ele e disse:
- não tem bichinhos maus!
Foi fantástico!!!

Agora é aguardar os resultados, o técnico disse-me que lhe pareceu estar tudo bem...

Se calhar não vai acusar nada outra vez... nem sei o que era melhor... fico com tanto receio que ela tenha convulsões escondidas e estas estejam a tirar recursos ao cérebro...



3 comentários:

  1. Olá,

    Eu sei que seria bom dizerem "olha o problema afinal é este", realmente seria mais fácil saber que com tratamento ficava resolvido. Mas também é bom ela não ter nada, afinal ela está a evoluir tão bem que com o tempo tenho a certeza que vai ultrapassar, seja como for eu acho que a Tati tem estado muito bem. E isso faz-me ter esperança que com o tempo a minha pequena siga pelo mesmo caminho...

    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disseste tudo!
      Vais ver que a tua também vai evoluir bem!

      (mandei-te um email)
      bjs

      Eliminar
  2. Olá! A verdade é que ela está a ter uma evolução tão boa que estou segura que não vai ser nada. Se tiver essas crises não deve ser nada que está a afectá-a pois ela só tem evoluído!

    Beijocas

    ResponderEliminar