Objectivo do Blog

Sou mãe de uma menina que nasceu em Dezembro de 2009, o meu maior tesouro!
A minha filha apresenta comportamentos um pouco diferentes do comum para a idade, compatíveis com a Perturbação do Espectro Autista.

Este blog tem como objectivo a troca de informações com pais que estejam em situação semelhante.
Juntos encontraremos mais respostas pras nossas dúvidas e poderemos obter uma ideia melhor da evolução esperada para cada caso. Participem!

19 de março de 2013

Pró que lhe interessa... temos menina!


À entrada do infantário a auxiliar faz-me sinal que ela está escondida atrás da porta.
Lá me faço de despercebida e entro sem “reparar” nela:
- onde está a Tatiana? pergunto...
- não sei! diz a auxiliar!
ela – tá aqui!!! (muito contente)
ela – eu coní mãe! eu coní! (escondi)
- tú escondeste-te da mãe, pois! eu não te estava a ver! digo eu...
- até amanhã (diz a auxiliar)
ela - ...
- até amanhã! digo
- Tatiana - diz até amanhã à P.
ela - ...
A caminho de casa
- portaste-te bem hoje?
ela - ...
- o que fizeste na escolinha, estiveste a aprender uma música?
ela - ...
- a S. disse que estiveste a cantar a música do dia do pai – já saber cantar?
ela - ...
- canta um bocadinho pra eu ver se tu sabes!
ela - ...
- amanhã é o dia do pai, é ele que te vem buscar, não sou eu! Tú vais cantar para o pai?
ela - ...
- tou triste, tú não me respondes... és uma feia...
ela – não é feia – é muníca (bonita)

chegamos a casa:
ela – mãe liga à bisão (televisão)
- que filme queres ver?
ela – queo bê gaínhas e gáo (quero ver as galinhas e galo)
- a galinha pintadinha e o galo carijó?
ela – não – a gaínhas vai xují buxa má (as galinhas vão fugir da bruxa má = a fuga das galinhas)
- outra vez esse, já o viste tantas vezes!
ela – ouca vez ete!
(lá ponho)

Passado algum tempo:
ela – mãe não enconca o tabuete! (mãe não encontro o tablet)
- Tatiana o tablet é só quando fores prá cama!

(compramos um tablet – ela domina completamente o “animal”. Deixamos ela jogar um bocadinho na cama, depois dizemos que está a acabar a bateria e “discretamente” desligá-mo-lo  Ela fica convencida do facto e vai dormir com a promessa que no dia a seguir já terá mais bateria...)

ela - queo omir (quero dormir)
- já queres ir dormir??? Mas ainda não comeste! Anda que já vou por a tua comida na mesa!
(come umas garfadas)
ela - mãe já comi!
- não comeste nada ainda tens comida no prato!
(mais umas garfadas)
ela – já comi!
- come mais um bocado (diz o pai)
ela – já comi!

(vai pró quarto, tira as pantufas e senta-se na cama)
- anda lavar os dentes e fazer xixi.
(faz tudo direitinho)
- vai lá prá cama – boa noite! (faço-me despercebida)
ela – ina não omir, queo o tabuete (ainda não dormir, quero o tablet)
- há... estava-me a esquecer! Mas é só um bocadinho que ele tem pouca bateria.
ela – sim!

jogo favorito: Cut the rope (jogo de estratégia) já passa os níveis quase todos das 2 versões!!!

2 comentários:

  1. Que linda.... Fico feliz por ver essas conquistas, sabem tão bem....
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Fantástica evolução! Essa pequena está muito bem mesmo!

    ResponderEliminar